As questões 33 e 34 referem-se ao texto a seguir.

Um dos atrativos da vida na Lua em geral era, sem dúvida alguma, a baixa gravidade, produzindo uma sensação de bem-estar generalizada. Contudo, isso, apresentava os seus perigos e era preciso que decorressem algumas semanas até que o emigrante procedente da Terra conseguisse adaptar-se. Um homem que pesasse na Terra noventa quilogramas-força (90 kgf) poderia descobrir, para grande satisfação sua, que na Lua seu peso seria de apenas 15 kgf. Se deslocasse em linha reta e velocidade constante, sentiria uma sensação maravilhosa, como se flutuasse. Mas, assim que resolvesse alterar o seu curso, virar esquinas ou deter-se subitamente, então perceberia que sua massa continuava presente.

(Adaptado de 2001: Uma odisséia no espaço, de Arthur C.Clark apud Beatriz Alvarenga e Antonio Maximo Ribeiro da Luz. Curso de Física.)

Considerando-se a gravidade na Terra como 10m/s2 e 1kgf =10 N, é CORRETO afirmar que a gravidade na Lua será:

a) nula, a pessoa estaria sujeita apenas aos efeitos de sua própria massa.
b) aproximadamente de 1,6 m/s2 .
c) aproximadamente 10m/s2, o que mudaria para o emigrante terrestre na Lua é sua massa, que di
minuiria.
d) aproximadamente 10m/s2 e estaria na vertical para cima, facilitando a flutuação e o deslocamento
dos objetos.

Considere um corpo na Lua, colocado em uma superfície plana e que, sobre ele, atue uma força horizontal conforme ilustrado a seguir. Os coeficientes de atrito estático e cinético entre o objeto e a superfície sobre a qual ele está apoiado valem respectivamente µe=0,2 e µc = 0,1.

Assinale a afirmação CORRETA sobre o objeto.

a) Irá adquirir uma aceleração de aproximadamente 0,5 m/s2 .
b) Não entrará em movimento, pois a força externa é menor que a força de atrito máxima.
c) Irá adquirir uma aceleração de 1,67 m/s2 .
d) Irá deslocar-se em movimento retilíneo uniforme.

A questão 35 refere-se ao texto a seguir.

O governo decidiu eliminar as lâmpadas incandescentes de 120 V do mercado porque pesquisa feita em uma universidade brasileira apontou um acréscimo de 9% no consumo de energia de 20 milhões de residências devido ao consumo de produtos inadequados. A rede elétrica da maioria das cidades brasileiras é de 127 Volts. Quando usadas na rede de 127 V, as lâmpadas de 120 V produzem luz com maior intensidade, mas sua vida útil cai de cerca de 1000 horas para 450 horas. As investigações também apontam para um aumento de R$ 500 milhões no faturamento anual da empresas.

(Folha de S.Paulo, 12/10/1999.)

Considere que, em cada uma das 20 milhões de residências citadas, existem três lâmpadas de 100W e 120v ligadas, em média, por uma hora diária, à rede de 127 V. Nesse caso, o consumo adicional de energia ao longo de um mês será aproximadamente de:

a) 2,2 x 1012 J
b) 2,2 x 108 J
c) 3,6 x 1011 J
d) 2,9 x 1013 J

Um especialista em conserto de instrumentos musicais foi chamado a uma igreja para consertar um órgão. Ao testar o instrumento, ele observou que um dos tubos não estava emitindo a nota correta. Esse tubo deveria estar emitindo notas com a freqüência fundamental de 130Hz e estava emitindo na freqüência de 260 Hz. Sabendo que a velocidade do som no ar é de aproximadamente 340 m/s, assinale o diagnóstico adequado apresentado pelo especialista.

a) O tubo de 2,60 m de comprimento está fechado em uma de suas extremidades. b) O tubo de 1,30 m está aberto em suas extremidades. c) O tubo de 2,60m está fechado em suas extremidades. d) O tubo de 0,65m está aberto em suas extremidades.

Uma placa de publicidade, para ser colocada em local visível, foi afixada com uma barra homogênea e rígida e um fino cabo de aço à parede de um edifício, conforme ilustração.

Considerando-se a gravidade como 10m/s2, o peso da placa como 200 N, o comprimento da barra como 8 m, sua massa como 10 kg, a distância AC como 6 m e as demais massas desprezíveis, pode-se afirmar que a força de tração sobre o cabo de aço é de:

a) 417 N
b) 870 N
c) 300 N
d) 1200 N

Ao prepararmos os alimentos, é comum aquecermos a água em recipientes abertos. Nesses recipientes, a água entra em ebulição quando sua pressão de vapor se iguala à pressão atmosférica.

Pa -Pressão atmosférica

H -Altitude

800

600

LOCALIDADE ALTITUDES (em relação ao nível do mar)
Guarapari 0
Belo Horizonte 850 metros
Pico da Bandeira 2892 metros

400

200

0

Pa(mmHg)

H(Km) Considerando-se as informações dadas, pode-se afirmar que a temperatura de ebulição da água será:

a) maior em Belo Horizonte.
b) menor em Guarapari.
c) a mesma nas três localidades, desde que consideremos H2O puro.
d) menor no Pico da Bandeira.

A figura mostra um plano inclinado sobre o qual se coloca um ímã no ponto A, que desliza livremente em direção a B. No trajeto, ele passa através de uma espira circular, ligada a um voltímetro V.

Desprezando-se todos os atritos mecânicos, pode-se afirmar que:

a) haverá uma diferença de potencial (ddp) induzida na bobina apenas nos momentos de entrada e saída do ímã através da espira.

b) o voltímetro não vai acusar nenhuma ddp, porque a espira não está ligada a nenhuma pilha ou bateria.

c) durante toda a passagem do ímã através da espira, o voltímetro vai acusar leituras da ddp induzida.

d) o voltímetro somente acusaria a leitura de uma ddp induzida na espira se houvesse atrito entre o ímã e o plano inclinado, fazendo com que o ímã passasse através da espira com velocidade constante.

Pa -Pressão atmosférica

Pa(mmHg)

H -Altitude

800

600

400

200

0

0 246 810

H(Km)